Contadores, advogados e candidatos são capacitados sobre prestação de contas eleitorais em Teresina

Com o objetivo de capacitar e esclarecer dúvidas relacionadas à arrecadação, aplicação de recursos e prestação de contas eleitorais, está acontecendo durante toda essa quarta-feira (3) o curso “Prestação de Contas de Candidatos a Prefeitos e Vereadores nas Eleições 2016: Aspectos Jurídicos e Contábeis”.
O evento realizado em parceria do CRC-PI e OAB/PI está acontecendo no auditório da OAB-PI e reúne contadores, advogados, estudantes e candidatos que buscam informações sobre o controle financeiro das campanhas e a correta elaboração de relatórios que serão entregues à Justiça Eleitoral.
A abertura do curso foi feita pelo coordenador da Comissão de Prestação de Contas Eleitorais da OAB-PI, Thiago Sá, que destacou o papel decisivo dos profissionais do Direito e da Contabilidade para o pleito deste ano.
Em sua fala, o presidente do CRC-PI, Josafam Bonfim, deu boas vindas aos participantes e ressaltou a importância da promoção de cursos para quem vai atuar nas campanhas políticas deste ano.
“Hoje o contador e o advogado  têm papel fundamental nas eleições. Foi uma conquista alcançada graças ao trabalho conjunto dos  profissionais contábeis e da OAB, que conseguiram que fosse estabelecida a obrigatoriedade da participação de um contador e um advogado em todo o processo eleitoral. Por isso é um prazer e uma satisfação ver o interesse da categoria em participar deste curso, pois ele atende à necessidade de nos atualizarmos diante da importância do profissional da Contabilidade no âmbito das prestações de contas das campanhas eleitorais. São ações como estas que garantem a valorização do nossos profissionais e sua atuação com excelência no mercado de trabalho”, diz Josafam.
Para o vice-presidente de Políticas Institucionais do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Joaquim Alencar, o profissional contábil recebeu a missão de fazer a interlocução com o TRE-PI e, desde quando surgiu as primeiras prestações de contas, esteve atentoàs regras estabelecidas. “Pela primeira vez, a Justiça Eleitoral estabeleceu um limite de gastos e, por isso, nós fazemos parte do protagonismo desta eleição. Os processos contábeis e jurídicos concorrem para o desfecho com sucesso das campanhas. Somos corresponsáveis nesta missão dada pelo TRE de garantir um pleito transparente e sem erros que possam dar subsídios suficientes para o julgamento das contas de campanha”, diz.
O conteúdo do curso está sendo ministrado pelo contador Guilherme Barbosa Guimarães, os advogados Jorge Soares, Rosangela Medina, Ângela Coelho e Aldemes Barbosa. Os alimentos arrecadados com as inscrições serão doados a instituições carentes.